• Melo Rangel Advocacia

Parentes colaterais por afinidade devem seguir com processo de adoção personalíssima, decide STJ

14/07/2021


Para o relator do recurso especial dos adotantes, ministro Marco Buzzi, "o parentesco até o quarto grau definido na legislação civil não tem o alcance capaz de restringir o conceito de família ampla/extensa e do que se possa considerar parentes próximos, pois a 'família' dos tempos hodiernos é eudemonista, tendo como escopo precípuo a satisfação pessoal de cada indivíduo que a compõe."


Fonte: Assessoria de Comunicação do IBDFAM (com informações do STJ)